"Roubar ideias de um autor é plágio, de vários é pesquisa."








Translate

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Entrevista de emprego.


Um sujeito está numa entrevista para emprego. 
O psicólogo dirige-se ao candidato e diz:
- Vou fazer-lhe o teste final para a sua admissão.
- Perfeito! – diz o candidato.

O psicólogo pergunta:
- Você está numa estrada escura e vê ao longe dois faróis emparelhados a virem na sua direção. O que acha que é?
- Um carro. – diz o candidato.
- Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Um BMW, um Audi, um Volkswagen?
- Não dá para saber, não é?

- Huuum... – diz o psicólogo, que continua – Vou fazer-lhe outra pergunta: Você está na mesma estrada escura e vê só um farol a vir na sua direção. O que é?
- Uma mota – diz o candidato.
- Sim, mas que tipo de moto? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki?
- Sei lá, numa estrada escura, não dá para saber… (já meio nervoso)

- Hum..., diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta:
- Na mesma estrada escura você vê novamente um só farol, menor que o anterior, e você apercebe-se que vem mais lento. O que é?
- Uma bicicleta.
- Sim, mas que tipo de bicicleta? monark, caloi, barra forte…?
- Não sei.

- Lamento, mas reprovou no teste! – diz o psicólogo.

Aí o candidato dirige-se ao psicólogo e fala:
- Interessante esse teste. Posso fazer-lhe uma pergunta também?
- Claro que pode. Pergunte.
- Você está à noite numa rua iluminada, vê uma mulher com maquilagem carregada, vestidinho vermelho bem curto, a girar uma bolsinha… O que é?
- Ah! - diz o psicólogo - é uma puta!
- Sim, puta! Mas que tipo de puta? A sua irmã? A sua mulher? Ou a puta que te pariu?

Um comentário: